Lwart Lubrificantes Lwarcel Celulose

História

Você está em:   Home Grupo Lwart História

História

                                    

A história do Grupo Lwart é um exemplo de coragem e perseverança dos fundadores, e motiva todos à empreenderem seus sonhos. Em 1952, com recursos vindos do trabalho de um armazém da família e o apoio do pai, os irmãos fundaram a Trecenti Indústria e Comércio Ltda, onde fabricavam portas e janelas e forneciam mão de obra para a construção das destilarias de açúcar e álcool da região. Futuramente, os irmãos produziriam equipamentos agrícolas, carrocerias e carretas para transporte de cana.

Com o sonho de ter um produto que pudesse ser fabricado em escala, com sua própria marca, começaram a fabricar parafusos que traziam a marca LW. O irmão mais velho, Luiz, já tinha o sonho de criar uma marca com as iniciais dos nomes dos irmãos. E então surgiu a ideia da marca LWART. Na década de 60, a evolução dos negócios fez com que os irmãos comprassem uma laminação de ferro. Passaram a produzir vergalhões para construções, estruturas metálicas e equipamentos agrícolas como plantadeiras e correntões projetados na própria empresa. No ano de 1962, os irmãos abriram um comércio de ferragens e materiais de construção, a Ferragens São Carlos, batizada com este nome em homenagem ao pai, Carlos Trecenti.

Com a evolução dos trabalhos da oficina, os irmãos já atendiam clientes em outros estados do país e foi numa viagem de negócios que conheceram a atividade que deu origem a Lwart Lubrificantes, primeira empresa do Grupo: a coleta e o rerrefino de óleos lubrificantes usados. A própria oficina da família construiu os equipamentos da primeira fábrica, chamada hoje carinhosamente de “Lwartinha”.
 


Lwart Lubrificantes
Fundada em 1975, a Lwart Lubrificantes tinha uma capacidade inicial para processar 80 mil litros/mês com apenas um coletor, abastecendo a produção. Com o aumento da demanda, era preciso mais recursos para ampliação da capacidade de produção. A solução veio quando um cliente procurou a oficina dos irmãos para montar uma fábrica de rerrefino no Paraná, e com um grupo de empresários da Bahia que teve interesse em construir outra fábrica.

Os recursos com essas duas fábricas possibilitaram a construção, em 1976, de um novo parque industrial da Lwart no terreno, onde a empresa está situada atualmente. Os irmãos decidiram então fechar a oficina e dedicar sua vocação empreendedora integralmente ao mercado de coleta e rerrefino de óleo lubrificante usado. 

Hoje, mais de 40 anos depois, a Lwart Lubrificantes conta com 15 centros de coleta, frota própria de mais de 320 veículos para atender todo o país e duas unidades de rerrefino, uma em Lençóis Paulista (SP) e outra em Feira de Santana (BA), com capacidade para processar 250 milhões de litros/ano de óleo usado, sendo considerada a maior rerrefinadora da América Latina.

Zoom



Lwarcel Celulose
Ao analisar o potencial do município os fundadores do Grupo Lwart identificaram a disponibilidade de florestas plantadas como potencial para um novo empreendimento. Em 1984, as obras da Lwarcel Celulose começaram e, em 1986, a fábrica passou a funcionar produzindo celulose de pinus não-branqueada.

Com a evolução e constante capacitação de suas equipes, a Lwarcel começou a dar seus primeiros saltos de produção. A partir de 1989, iniciou a produção de celulose por meio do eucalipto. Posteriormente, na década de 90, foram agregadas também a produção das celuloses especiais de sisal e abacá, que permaneceram em linha até 2006. Em 1996 a Lwarcel produziu celulose de pinus pela última vez e, no ano seguinte, aumentou suas áreas de plantio de eucalipto, a fim de permitir o aumento da produção de celulose no futuro. A implantação do Projeto P500, iniciado em 2000 e concluído em 2005, permitiu a construção de uma nova fábrica sem que a antiga parasse suas atividades, elevando a produção para a marca de 210 mil toneladas/ano com investimento total de US$ 130 milhões ao longo de seis anos.

Com a fábrica antiga desativada, uma nova etapa de investimentos otimizou a performance, eliminou gargalos, melhorou os sistemas de controle ambiental e aumentou a capacidade de produção. O novo projeto, batizado de P700, contou com investimentos de R$ 55 milhões e elevou a capacidade da planta industrial da Lwarcel à marca de 250 mil toneladas.
 
Em 2006 e 2008, a Lwarcel obteve grandes conquistas que confirmaram sua atuação sustentável: a Certificação FSC para o manejo florestal e a cadeia de custódia e, em 2008, a certificação ISO 14001 e 9001 para o processo industrial. A empresa tem sua gestão ambiental completamente certificada, das florestas ao produto final.


Zoom



Lwart Química
Sinergia é a palavra que marca a história da Lwart Química. Um dos produtos obtidos do processo do rerrefino da Lwart Lubrificantes caracteriza-se como um composto asfáltico de alta performance, que potencializa as características do asfalto. 
 
Este produto é hoje, uma das principais matérias primas da Lwart Química, fundada em 1997. Além da matéria-prima, há um grande know-how em produção petroquímica da Lwart, e essa união das experiências criou a empresa do Grupo especializada em soluções para impermeabilização, isolação termo acústica e pavimentação.

O setor de autopeças foi o primeiro a ser atendido pela empresa para produção de placas de isolamento termo acústico usados em compartimentos de motores e laterais internas de veículos. Em seguida, outros setores como indústrias de borracha, de refrigeração e calçados também passaram a utilizar os produtos da empresa.
Em 1999, a empresa passou por uma sucessão de lançamentos de produtos e montagem da linha de fabricação de mantas asfálticas para impermeabilização na construção civil.

 A entrada da empresa no mercado de pavimentação deu-se em 2005, com a montagem da linha de emulsões para pavimentação e construção civil. A empresa passou a oferecer ao mercado produtos como o CAP – Cimento Asfáltico de Petróleo, Rodoselantes, Emulsões e o Alto Índice, que proporcionam mais durabilidade ao pavimento.

Em 2005, a empresa ampliou sua presença no mercado doméstico da construção civil com a entrada da linha Ciplak®, composta por impermeabilizantes a quente e a frio, aditivos para concreto e argamassas, resinas, solventes, reparos e proteção de superfícies metálicas e anticorrosivos que, a partir de então, passavam a ser distribuídos para lojas de materiais de construção de médio e grande porte, além de home centers em todo o país.

Em março de 2014, o Grupo Lwart concluiu a venda da Lwart Química para a empresa suíça Grupo Sika. A necessidade da empresa em ampliar sua produção e de ter acesso à tecnologia de ponta convergiu com o desejo da multinacional de consolidar sua participação no mercado brasileiro. A partir de agora, o Grupo Lwart foca suas energias nas empresas Lwarcel Celulose e Lwart Lubrificantes, líder na América Latina em coleta e rerrefino de óleo lubrificante usado.

Zoom